Assistência Social: palestra sobre violência doméstica atrai grande público PDF Imprimir E-mail
Qua, 09 de Novembro de 2011 17:56


Foto: Auditório ficou lotado durante palestra sobre
“O Processo de enfrentamento diante da violência
doméstica e abuso sexual contra crianças e adolescentes”


Cerca de 250 pessoas participaram na última quinta-feira, no auditório da Patrulha Juvenil de Garça, da palestra “A percepção dos profissionais que trabalham com crianças e famílias em situação de risco, sobre o processo de enfrentamento do fenômeno Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescente em suas práticas diárias”, promovida pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e ministrada pelo Mestre em Saúde e Gestão do Trabalho pela Univali, Ayrton Margarido.

O objetivo foi capacitar os profissionais envolvidos com a problemática que requer um trabalho em rede: educação, saúde e assistência, aprimorando as políticas públicas, a qualidade e a necessidade dos serviços sociais dentro da realidade do município e da população.

Segundo destacou a secretária municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Neuza Alberti Serapião, muitos são os casos de pessoas que procuram a pasta pedindo socorro e buscando orientação. Daí a necessidade de oferecer informações e ferramentas para que os profissionais possam diagnosticar e atender da melhor maneira possível este tipo de denúncia de violência doméstica e abuso sexual contra crianças e adolescentes.

Presente ao evento o secretário da Saúde, José Antônio de Resendes ressaltou a importância do curso de capacitação e da formação de uma rede de cuidados à criança e ao adolescente. “Só temos que agradecer ao governo do prefeito Cornélio e vice Rodrigo que propicia uma abertura no município para que se desenvolvam políticas públicas em parceria, inclusive, com a participação da comunidade”, frisou.

De acordo com o médico e palestrante Ayrton Margarido a violência doméstica e o abuso sexual contra crianças e adolescentes são um problema social e de saúde pública que requer um enfrentamento por parte da sociedade e das entidades envolvidas. “Quero parabenizar a população e os envolvidos diretamente com a questão pela sensibilidade e participação nesse programa de enfrentamento”, concluiu.

 

S5 Box